Modelo de amizade que desejo aos meus sobrinhos

By quinta-feira, março 03, 2016 ,


E de repente você se pega stalkeando o Facebook de amigos dos seus sobrinhos. Eu sei, é vergonhoso, mas sabe aquela necessidade de saber que tipo de amizade seus pequenos estão cultivando por aí? Então, é essa preocupação que me obriga a dar uma espiada nos relacionamentos que estão sendo construídos na fase da pré-adolescência deles. Certamente estou sendo influenciada pela minha própria experiência, de quem já teve amizades não muito construtivas nesse período da vida. Mas, principalmente, de quem, justamente com a mesma idade das sobrinhas, fez amigas para a vida toda.

Amigas que, na verdade, chamo de irmãs. Dessas que acompanham todos os nossos passos desde a infância à (assim espero) velhice. O que me lembra de que já são quase 16 anos de bons e maus momentos compartilhados. O primeiro beijo, o primeiro amor, a primeira nota muito ruim, o primeiro 10, o primeiro coração partido, o segundo, o terceiro... O primeiro celular, o primeiro emprego, o primeiro animal de estimação, a primeira grande decepção com algum ente querido, o primeiro osso quebrado, a primeira menstruação, o primeiro vestibular, a primeira aula na faculdade, o primeiro dia morando sozinha, a primeira viagem internacional, o primeiro namorado, a primeira demissão, o primeiro avô falecido...

As emoções e os ensinamentos trocados ao longo desses anos de amizade foram tão relevantes para a estruturação do meu caráter, que só posso ansiar que meus sobrinhos também tenham bons encontros na vida. Espero que eles tenham a oportunidade de constatar o que é ter alguém com quem contar em todos os momentos dessa jornada. Pessoas que serão capazes de guardar os seus segredos, de abraça-los nos melhores e piores momentos da vida, de puxar-lhes a orelha quando necessário. Desejo que meus pequenos criem logo laços para a vida toda, pois são essas relações que tornarão suas caminhadas mais divertidas.

Ciente de que ter um amigo verdadeiro desde a infância é privilégio para poucos, almejo que meus irmãos tenham fornecido a base necessária aos meus sobrinhos para que eles saibam identificar e cultivar grandes amizades o quanto antes. Que esses amigos lhe tragam o conforto que, às vezes, nem os familiares podem nos prover. Ainda que o ciúmes das relações deles me cutuque vez ou outra, é fundamental para mim que eles tenham a chance de construir amizades sinceras que sejam um aconchego. E que essas relações cresçam, amadureçam e tornem irrelevantes a distância, a rotina, os problemas e desafios da vida. Que, da mesma forma em que hoje eu pude participar de um momento importantíssimo da vida de uma amiga através do skype, meus pequenos saibam encontrar razões e meios de manter os amigos de infância.

You Might Also Like

2 Palpites

  1. Sou Áureo Nunes Golden, tenho 19 anos de idade, sou Angolano.

    Ciente de que ter um amigo verdadeiro desde a infância é privilégio para poucos, almejo que meus irmãos tenham fornecido a base necessária aos meus sobrinhos para que eles saibam identificar e cultivar grandes amizades o quanto antes.

    Nossa me sinto parte dessa história nas vertentes de ter bons amigos e de ser visto como um bom amigo para os outros.
    Meus pais não fazendo diferente dos outros, nunca me proibiram de fazer amigos mas catapultaram-me à capacidade de saber escolher os amigos e de ser um bom amigo para com os outros.
    Parabéns e espero que Deus conceda isso para os seus sobrinhos.
    Saudações de Áureo Nunes Golden (meu facebook-Áureo Golden)

    ResponderExcluir
  2. Olá Áureo. Fiquei muito feliz com seu comentário, mas principalmente por você ter essa essência de saber cultivar grandes amizades, algo que precisa ser compartilhado nos dias de hoje. Obrigada e espero que Deus conceda o mesmo para você e seus futuros sobrinhos ;)

    ResponderExcluir

Comente, crítique, reclame, elogie, concorde ou discorde. Mas deixe sua opinião!!